Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2015

A ofensa, de Ricardo Menéndez Salmón

Iniciei este livro com alguma espetativa. Gosto, normalmente, de livros sobre a Segunda Guerra Mundial. Este, foi uma desilusão. Centra-se, sobretudo, numa única personagem, que trabalhava como alfaiate, é recrutado para servir a Alemanha na sua atroz campanha mundial. Assiste ao primeiro massacre em massa e deixa de sentir. Entende, mas não sente, os seus orgãos ficam inanimados, ainda que vivos. O livro é muito curto e gira todo em torno da tentativa de voltar à "vida", deste humilde alfaiate. Lê-se muito rapidamente, mas desperta pouco interesse. Tem uma ótima encadernação e as folhas são de boa qualidade.
"Quando Ermelinde lhe anunciou que estava frávida, por um momento Kurt pensou que se daria o milagre. Mas aquela sombra de sensação, um breve relâmpago de calor ou de medo ou de plena e pura alegria que pareceu esboçar-se-lhe na nuca, um lugar onde - lembrava-se bem - se concentravam as emoções, enganou-o apenas durante um segundo."

A queda de Atlântida, de Marion Zimmer Bradley

Continuo a adorar esta escritora e quanto mais leio, mais quero ler. Este livro prendeu-me desde a primeira à última página.  Domaris e Deoris, duas irmãs com uma ligação muito maior que o próprio sangue. Vivem num templo, são amadas e odiadas, amam e odeiam com a mesma intensidade. E eis quando o universo parece separá-las, a sua força e o seu Karma unem-nas para sempre e "para sempre" parece muito tempo, mas muitas vidas virão...
"Impaciente, Domaris andava para trás e para diante no seu quarto. Os dias cansativos e as noites que se tinham arrastado, só tinham feito com que o inevitável estivesse mais próximo e, agora, o momento da decisão estava perante si. Decisão? Não, a decisão já fora tomada. Era apenas o tempo de agir que tinha chegado, a altura de garantir o cumprimento da sua palavra empenhada. Que interessava o facto de a sua promessa a Arvath ter sido feita numa época em que era completamente ignorante relativamente às consequências dessa promessa?"
O m…