Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2011

O teu olhar perturbador

Um dia serás o que o destino te cumprir nos sonhos da conquista, um dia serás um projeto conseguido, um dia conseguirás perceber a altivez do teu olhar puro e desconcertante e carregarás os sonhos do mundo, do teu mundo. Olharás para trás, ou talvez não, e as cores do teu percurso farão diferença no quadro do teu rosto. Um dia serás a ruga que hoje não queres nem sonhas, um dia os teus olhos já serão perturbadores por outros motivos, ou talvez não, mas serás sempre!

Ode Marítima (excerto)

Deixa no ar distante atrás de si a orla vã do seu fumo.
Vem entrando, e a manhã entra com ele, e no rio,
Aqui, acolá, acorda a vida marítima,
Erguem-se velas, avançam rebocadores,
Surgem barcos pequenos detrás dos navios que estão no porto.
Há uma vaga brisa.
Mas a minh´alma está com o que vejo menos,
Com o paquete que entra,
porque está com a Distância, com a Manhã,
Com o sentido marítimo desta Hora,
Com a doçura dolorosa que sobe em mim como uma náusea,
Como um começar a enjoar, mas no espírito.

Fernando Pessoa